"A simplicidade é o último degrau da sabedoria." Gibran



segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Minha Arca de Noé e um assassinato.

            
Minha casa é um pequeno (e delicioso) zoológico porque,  seguidamente, vem um grupo de pequenos saguis comer bananas na nossa mão.


Fora os macaquinhos, temos um apreço grande pelas lagartixas/ taruíras...aliás, não sei bem o que são, mas estão entre as lagartixas (pequenas) e os calangos ( cascudos e grandes, do norte). São lindos, e ficamos um tempão a contemplá-los...

Todos os dias de manhã tomamos chimarrão olhando para uma delas, que já nos tem como "da familia", uma vez que já nem se dá mais ao trabalho de fugir, quando a gente chega para sentar por perto.

Outro caso à parte são os pássaros. Tem de tudo: de bem-te-vi ladrão ( o safado do bem-te-vi, além de cantar no muro do vizinho, costuma roubar des-ca-ra-da-men-te o ninho de um passarinho bem pequeno que todo o dia precisa refazer seu ninho)...

... até passarinho azul que gosta de escorregar pelas folhas do coqueiro ( não sei por que raios ele faz isso, mas faz). Acho que se trata de um sanhaço.



 `A noitinha, aparecem morceguinhos.

( isso...sonhem!) 

Morcego de pobre é este:



Pausa um: já contei que tenho coleção de bichinhos ( tipo pelúcia), mais precisamente de ratinhos?
Pois é, tenho. Adoro ratinhos, acho muito fofinho. Mas vcs hão de convir que coleção de bicho de pelúcia é o "ó do borogodó" prá um ser da minha idade. Só que fico com eles, com a desculpa de guardá-los para a Mariana, eheheh.

Pausa dois: já  contei que tenho a minha garagem abarrotada de tranqueiras?? Claro, tudo devidamente guardado em organizadores de plástico, bem fechados e tudo com sabonete Dove, para ficar bem cheirosinho - inclusive a caixa onde guardo meus ratinhos.



Pois eis que "trás-dontonti" entrou um ratinho aqui no pátio de casa!

Veio de um buraco que tem no muro dos fundos e que dá para o pátio do quartel e serve para escoar água (e agora, entrar ratos....rssss).
Sério, o bichinho ficou mais assustado comigo, do que eu com ele.
Eu nem preciso dizer que achei o dito, a-coisa-mais-fofa-do-mundo!! Mas o mais engraçado foi ver a Mariana chamando o rato: "vem cá, meu amô!" ( acho que essas crianças precisam de um bicho de estimação urgente, não acham?).



Só que ao ver o bicho sair correndo da garagem...(olha a minha garagem aí...)


... em direção à minha casa, como quem corre para a sua própria casa, me assustei.

Fiquei imaginando se o tal bicho chegasse a entrar dentro de casa, com o tanto de móveis e cacarecos que tenho dentro de casa, só vou achá-lo quando a mudança sair (e o simpático bichinho já estará usando cadeira de rodas!).
Sem contar que são bichos que podem trazer doenças, né?
Então decidi fechar a entradinha dos ratinhos pelo orifício do muro, colocando pregos grandes, de forma a permitir que a água escoe e os ratos não entrem mais ( nem saiam, caso ainda tenha ficado algum por aqui....rsss). Também coloquei um monte de "iscas" de veneno ( daqueles comprados em agorpecuárias) espalhadas por todos os cantinhos da garagem.
Ô dó!!
Era uma coisa que, sinceramente, não queria fazer por uma série de motivos:
- criança pequena em casa,
- calangos / taruíras / lagartixas,
- macacos que também circulam pelo teto interno da garagem,
- morceguinhos que eventualmente andam por lá.
-  e matar um bichinho, mesmo o pobre do ratinho...ai, ai.

Mas é com enorme pesar que informo que o ratinho comeu as iscas e veio a falecer.


 
 E assim começamos o ano!
 
* agora vou lá, ler os comentários que estão guardadinhos e responder na medida do possível, porque metade do meu efetivo estudantil já voltou à escola.
Bjs!!

Atualizando: a minha coleção de ratinhos da Mariana


e aqui os preferidos meus  dela:

15 comentários:

Hazel disse...

Bem-vinda de volta!!

Oh, e tadinho do ratinho... fiquei com pena dele, mas compreendo a tua decisão.

beijos mágicos

Teresa Vidinha disse...

Passei para desejar uma boa semana.

Grande odisseia a do ratinho...coitado...

Um abraço
Teresa

Ozenilda Amorim disse...

Oi Talma,
Eu já estava com saudades.
Parabéns pelo mini-zoológico, pela coleção de ratinhos e pela consciência humanista transcendental.
Lá em casa uma vez entrou um rato e eu pensava como você, queria que ele fosse embora, mas ele não foi, acabou morto numa armadilha para ratos e eu tive que trocar de fogão, porque ele fez xixi no forno e inutilizou.
Que o céu dos ratinhos o tenha.
Boa semana.
;)

Saron disse...

Oi Talma, a coleção dos ratinhos são lindas e adorei a historia(rsrsrsr).Vc falou que seus filhos precisam de um animal de estimação mas menina olha ao seu redor são tantos animalzinhos.Vc Basicamente tem um zoo em casa(rsrsr).Em relação ao ratinho, jura que vc não correu?Eu correria apavaroda(rsrsrr)...
Bjos

Santinha disse...

Ola amiga
Estava com saudades dos seus post e das novidades.
Talma eu morro de medo de rato. Você sabe o quanto eu adoro e respeito a natureza, mas rato eu tenho pavor.
Um vez lá em Mauá fiquei até a noite encima de uma mesa esperando meu marido voltar...vi o ratinho desses do mato e quase tive um trem!
E largatixa tem uma história das boas pra contar.
Menina e aquele bem te vi!!! Que coisa mais explendorosa!
Deve ser muito gostoso ai, as crianças nunca mais vão esquecer dessa temporada...você falou em mudança...

Então, no em Itu na casa do marido, vim passar uma temporadinha com ele, a casa tava ficando uma zona... e ele tá todo se acahando porque tô cozinhando pra ele só c vendo!

Seja muito bem vinda de volta e força na peruca!

Débora Fouraux disse...

Oi Talmaa! que lindos seus ratinhoss amei! e que garagem organizada hein! Parabénss! Beijoss

inspirações da Jô disse...

Ah, ah, ah,
Que maravilha que voltou!!!!!Só você mesmo pra me fazer rir com os ratos!!!!!!!Nessa hora não adianta pirar; tem de ter muita calma pra resolver exterminar o bichinho; e é isso que eu particularmente não tenho!!!!!Como eu, desse tamanho tenho medo de um tranqueirinha daquele tamanho?
Devem ser mesmo uma graça esses macaquinhos não? Eles chegam perto,ou são ariscos?
Beijos querida e uma ótima semana!!!!!!

Margo disse...

Sorte é isso.Merecer e ter.Você mora em um pedacinho do céu!
Parabéns.
Quanto ao ratinho,só temos a lamentar.A prioridade é o bem estar dos seus anjinhos.
Um abraço!

Leila Silvia Almeida disse...

Talma coitado do bichinho?ai na tua casa a natureza é bem generosa,que maravilha.beijos Leila

Ana B disse...

Os ratinhos de coleção são mesmo lindos, amigona.... os naturais também são bem bonitinhos, mas não tem como deixar porque, inclusive, proliferam rapidamente, invadem a cozinha, uma loucura.

Aqui, tínhamos gato e não entrava rato de jeito nenhum. Depois que deixamos de ter, um deles deu o ar da graça. Nós o víamos, mas não pegávamos. Começamos a chamá-lo de Justus, ou seja, o sócio. Um dia, meu filho do meio, de 9 anos, na época, conseguiu jogar um sapato e matá-lo. Depois, chorou, preocupado: " e se eu matei um pai de família?", ponderou. Ficamos emocionados junto, mas o fato é que já havia mesmo uma família de ratos atacando todos os cantos.... com armadilhas e veneninho conseguimos debelar a colônia.

Agora, após as férias, não é que voltamos a avistar os tais em casa de novo, e recomeçou a caça ao rato... morro de dó. Mas, eles não se contentam em comer.... fazem côco por todo canto.... um risco, né?

Querida, um beijão e que Deus abençoe seu ano novo.

LITA disse...

Adorei o post, mas com o ratinho tô fora... Já tive a experiência de entrarem dentro de casa e não gostei nem um pouquinho. Além de que tenho trauma com os ditos cujos. Mas o que é aquele morcegão hahaha.
Bjs
Lita

Vila do Artesão disse...

Talma, esses bem-te-vis são assim mesmo.Vi isso acontecer aqui no jardim e corria lá para espantar e tentar preservar o ninho do sibito(o passarinho pequeno.)Mas era virar as costas e o safadinho voltava. Coisas da natureza.
O azul é um sanhaço mesmo. Agora que o meu quintal tá com as árvores carregadas, eles vivem por aí se fartando de mamão e manga.
E além dos lagatões, que eu chamo de Rex, tenho uma família de pererecas que aparecem do nada onde você menos espera. Elas me visitam todos os dias. Já nem dou mais bola.Medo?Tive um dia, agora nem tem como, rsrsrsrsrs
Mas eu tenho uns bichos aqui que você não tem aí:serpentes. É, já fui visitada por duas Corre-campo e por uma Coral, espero que das falsas.Isso é o Nordeste, vice? Litoral selvagem.
Beijos, Cris Turek

Anna disse...

Adorei teu blog!
Tem humor!
:o)

Visite o meu!
Tem sorteio ...
Bjo
http://seilamuitascoisas.blogspot.com

Raquel disse...

Oi Talma,
Minha amiga sabe que a 2 anos atrás já habitavam 2 casas antes da tua esses roedores, que se alimentam do rancho do quartel...mas na nossa casinha, rsrsr eu nunca percebi nenhum desses visitantes, graças a Deus, apesar de lindinhos não aprecio esses visitinhas. Amiga adorei a notícia.... Beijosssss

Tania Forti disse...

Talam, amei teu zoo, que privilégio poder viver assim, em meio aos bichinhos, mas ratinhos, só de pelúcia mesmo, aliás, umas fofuras. Vim, vi e resolvi ficar, vou te seguir pque amei seus posts.
Bjos

 
Related Posts with Thumbnails